Roger Waters: Baixista leva Porto Alegre a loucura

Com explosões e efeitos especiais, Roger Waters subiu ao palco do estádio Beira-Rio às 20h40min deste domingo. Fogos anunciaram o início e o público, em coro, acompanhou o riffe de In the Flesh. Na sequência executou Thin Ice, quando mostrou fotos de centenas de vítimas de guerra.
Aos berros, os fãs acompanharam Another Brick in the Wall — Part 2, maior sucesso da banda, que contou com o coral de crianças do projeto Canta Brasil. Roger Waters dedicou a apresenação a Jean Charles de Menezes, brasileiro morto no metrô de Londres em 2005, e a todas outras vítimas do terrorismo do Estado.
— Quando escrevi The Wall em 1978 achei que o disco fosse sobre mim. Não é. É sobre Jean Charles também — declarou o músico, antes de Mother.

Comentários