Bruce Dickinson e o 11 de setembro


O Travel Trade Gazette conversou com Bruce Dickinson, que será um dos participantes da Advantage Conference, em Malta, que visa discutir os problemas da indústria da aviação. Em determinado momento da entrevista, o vocalista do Iron Maiden relembrou os ataques de 11 de setembro, algo que influenciou o início de sua carreira como piloto comercial.
“Tinha completado meu treinamento e fui contratado para voar. Estava em nova York com a banda. Era um dia ensolarado, estava sentado na beira da piscina de um hotel, com um manual de Boeing 757 nas mãos, lendo. De repente uma velhinha perguntou se era verdade que um avião tinha se chocado contra as torres gêmeas. Pensei que fosse uma nave pequena, privada. De repente mais pessoas começam a chegar e falam que era um voo comercial. Pensei ‘oh, boy…’”.

Comentários