Motley Crue: Girls, Girls, Girls completa 25 anos


Mötley Crüe – “Girls, Girls, Girls”
Lançado em 15 de maio de 1987
O quarto álbum do Mötley Crüe não é só marcante no aspecto comercial mas também por ser a época mais extrema da banda em relação aos seus vícios. “Girls, Girls, Girls” marca a excentricidade do grupo em seu auge, tendo reflexo não só nas composições, mas em todo o contexto histórico do ano de 1987 na vida dos bad boys de Los Angeles.
O processo de gravação, conturbado pelo estilo de vida dos integrantes, principalmente pelo baixista e principal compositor, Nikki Sixx, foi marcado pela falta de inspiração da banda no que tange ao processo de produção das letras e melodias. Todos notaram um Sixx pouco inspirado e abatido por problemas como vício e depressão, agravados pelo falecimento de sua avó – que o criou, já que foi “abandonado” pela mãe.

Comentários