Pink Floyd: Usina que foi capa do álbum Animals poderá virar estádio


O Chelsea anunciou nesta sexta-feira que está planejando construir um novo estádio com capacidade para 60 mil pessoas. O clube fez proposta para a compra do prédio da antiga Usina Termelétrica de Battersea, às margens do rio Tâmisa, no sul de Londres. O prédio da usina (atualmente desativada) é um dos mais famosos da capital inglesa. Foi capa do disco “Animals” (1977), do Pink Floyd, e hoje é uma atração turística da metrópole inglesa.
“A Usina Termelétrica de Battersea é uma das mais famosas construções de Londres e tem o potencial para se tornar um dos mais icônicos estádios de futebol do mundo”, diz o comunicado divulgado pelo Chelsea em seu site oficial. A área, com mais de 157 mil metros quadrados, seria usada para levantar uma nova casa para os Blues, que hoje ficam no Oeste da cidade de Londres.

Comentários