Beatles e Elvis são os autógrafos mais falsificados do mundo

Um órgão especializado em certificar assinaturas de grandes celebridades, a PSA/DNA, divulgou dados afirmando que menos da metade dos autógrafos de Elvis Presley e dos Beatles são realmente autênticos.

A apuração foi criada há três anos e a lista divulgada recentemente ainda apresenta nomes como John F. Kennedy, ex-presidente dos Estados Unidos, Michael Jackson e o austronauta Neil Armstrong.

A especialista em autógrafos de Marilyn Monroe, Margaret Barrett, disse que, para conferir a autenticidade da assinaturas, cheques e contratos são fontes muito
confiáveis: "Algumas vezes, as celebridades tinham secretárias e outras pessoas para autografar cartas e fotos, mas eles não podiam deixar que terceiros assinassem seus contratos", disse Margaret.

Comentários