ESPECIAL TON WEB ROCK apresenta: ALICE IN CHAINS



Alice in Chains é uma banda norte-americana de rock formada em 1987 em Seattle, Washington, pelo vocalista Layne Staley e o guitarrista Jerry Cantrell.

Apesar de vastamente associada ao grunge, o som da banda incorpora elementos do heavy metal, glam rock, hard rock e de música acústica, ao invés do punk. A banda alcançou fama internacional como parte do movimento grunge do início dos anos 90, ao lado de bandas como Nirvana, Soundgarden e Pearl Jam. É uma das bandas mais bem sucedidas comercialmente da década de 1990, tendo vendido aproximadamente 18 milhões de álbuns ao redor do mundo, além de ter dois álbuns na primeira posição da Billboard 200 (Jar of Flies e Alice in Chains), 11 singles nas dez primeiras posições na parada Mainstream Rock Tracks e seis indicações ao Prêmio Grammy. Mesmo nunca oficialmente extinta, a banda foi contaminada por extensa inatividade devido aos problemas de Layne Staley com drogas, culminando em sua morte em 2002.
História.

Já tendo certa notoriedade na cena local, apresentando-se em bares e pequenos clubes, em 1989, decidiram gravar seu próprio álbum independente e tentar distribuí-lo localmente, mas, antes do álbum ser lançado, o grupo assinou com a Columbia Records. Seu primeiro trabalho oficial foi o EP "We Die Young", em julho de 1990. A faixa-título se tornou um hit moderado em rádios americanas mais pesadas, apenas preparando caminho para o lançamento do álbum Facelift em agosto daquele mesmo ano.

Facelift foi bem recebido pelo público e a banda começou uma turnê com Iggy Pop em novembro, apresentando as canções "Dirt" e "Rooster" ao público, que não dá a mínima. Em dezembro, o concerto lotado no Moore Theater, em Seattle, é gravado pelo diretor Josh Taft e lançado como Live Facelift, o primeiro lançamento em vídeo do grupo.

Enquanto isso, o álbum produz o inesperado hit "Man in the Box", tendo uma escalada de 26 semanas até o Top 20 e cujo vídeo recebeu grande exibição na MTV. Tendo suporte de turnê com Extreme, Megadeth em algumas datas, depois com a turnê Clash of the Titans (que contava com Slayer, Anthrax e Megadeth), e após, Van Halen, Facelift chegou ao disco de ouro.

Em 1991, a banda lançou um inesperado EP de composições semi-acústicas, denominado Sap, gravado em dois dias e intitulado devido a um sonho do baterista Sean Kinney, no qual a banda chamava o novo álbum como Sap. O álbum contava com as participações de Ann Wilson do Heart, juntando-se a Staley e Cantrell no refrão de "Brother" e "Am I Inside", assim como Chris Cornell do Soundgarden e Mark Arm do Mudhoney, que apareceram na canção "Right Turn" (creditados no encarte como Alice Mudgarden). Chris Cornell também contribuiu com vocais de apoio na faixa "Brother".

O grupo recebeu mais exposição em 1992 quando uma de suas novas canções, "Would?", apareceu na trilha sonora de Vida de Solteiro, um filme do diretor Cameron Crowe baseado nas vidas dos solteiros de Seattle.

O álbum Dirt, lançado na primavera de 1992, exemplifica o som pesado guiado pela guitarra e cheio de distorções, mesmo que abrindo espaço para as harmonias vocais cada vez mais complexas de Staley e Cantrell. É o álbum mais bem sucedido da banda até hoje. Entretanto, as letras obscuras, a maior parte tratando de solidão e vício, aumentaram as especulações de que Staley era um viciado em heroína.

A banda entrou em estúdio em 1993 e compôs duas novas canções, "What the Hell Have I" e "A Little Bitter", para a trilha sonora do filme com Arnold Schwarzenegger, O Último Grande Herói. Em janeiro de 1994, a banda surpreendeu fãs e críticos com o EP Jar of Flies, que trazia um retorno aos arranjos mais acústicos e leves. Jar of Flies estreou como n.º 1 nas listas de vendas de álbuns da Billboard, o primeiro EP na história a alcançar tal posição.

Em Novembro de 1995, a banda retomou as atividades com o lançamento do álbum auto-intitulado, Alice in Chains, comumente chamado de "Grind", "Tripod", "Three" ou "Three Legged Dog" devido à imagem de um cachorro tripé na capa. Eventualmente, este seria o último álbum oficial que o Alice in Chains produziria.

O grupo reapareceu em 1996 para tocar seu primeiro concerto em três anos no MTV Unplugged. Um álbum da performance foi lançado mais tarde naquele ano, estreando na terceira posição nas paradas. Após o show acústico, a banda abriu quatro concertos para a turnê de reunião do Kiss substituindo o Stone Temple Pilots, que tiveram que abandonar devido aos problemas com drogas do vocalista Scott Weiland. O concerto do dia 3 de julho, em Kansas City, foi o último com Staley como vocalista.

Em 1998, Staley se reuniu com os outros membros do grupo pela última vez para gravar duas canções inéditas: "Get Born Again" e "Died". Estas canções foram lançadas em 1999 no box-set Music Bank. Em 2000, o álbum ao vivo Live, contendo canções tocadas em shows de 1990 a 1996, e outra coletânea dos 10 maiores hits da banda, Greatest Hits, em 2001, finalizaram os lançamentos oficiais do grupo no período.

Em 20 de Abril de 2002, Staley foi encontrado morto em seu condomínio, em consequência de uma overdose letal por combinação de heroína e cocaína (Speedball).

Em 23 de outubro de 2008, o grupo começou a gravar o novo álbum com o produtor Nick Raskulinecz e o novo vocalista William Duvall. O lançamento foi em 29 de setembro de 2009. 
 Fonte: Wikipédia. 

Integrantes.

Atuais.

Jerry Cantrell (Guitarra, Vocal, 1987-2002, 2005-At)
Sean Kinney (Bateria, Percussão, 1987-2002, 2005-At)
Mike Inez (Baixo, Vocal de Apoio, 1993-2002, 2005-At)
William Duvall (Vocal, Guitarra, 2006-Presente)

Ex-Integrantes.

Mike Starr (Baixo, Vocal de Apoio, 1987-1993)
Layne Staley (Vocal, Guitarra, 1987-2002)

Integrantes de Turnês.

Scott Olson (Violão, Baixo, 1996, 2005)
Duff McKagan (Guitarra, 2006)

Comentários