JOURNEY: DEEN CASTRONOVO, baterista da banda teve liberdade condicional negada.



Um juiz de Oregon negou liberdade condicional mediante pagamento de fiança para o baterista Deen Castronovo. O músico foi detido pela segunda vez em 15 dias e teve acusações de estupro e outras agressões contra sua esposa. De acordo com a promotoria, Castronovo teria jogado a companheira contra a parede 14 vezes, puxado seu cabelo e a forçado a fazer sexo.

A primeira detenção aconteceu no mês passado. O baterista foi liberado mediante pagamento de fiança de 20 mil dólares e não estabelecer contato com a vítima. No entanto, 35 ligações e 122 mensagens de texto foram feitas, o que o levou à segunda prisão. As gravações foram mostradas em audiência e mostram Deen ameaçando se matar em determinado ponto.

Comentários