AC/DC: Phil Rudd cogita excursionar à Europa para divulgar seu álbum solo.


O baterista Phil Rudd cumpriu a pena de oito meses em detenção domiciliar, por ameaça de morte. Agora, o músico pretende manter um padrão de vida aconselhável. “Tenho me comportado muito bem. A única coisa que não consegui abandonar foi o cigarro, embora tenha tentado. Fora isso, parei com toda a loucura. Consegui permissão para viajar à Europa e devo fazer alguns shows solo na Bélgica e França. Coisa pequena, pode ser até em pubs”.

Em relação ao AC/DC, Rudd parece conformado com o fato de que não irá reassumir o posto que foi seu em duas passagens. “Estou aberto a uma reunião. Porém, quem decide é Angus. Estou limitado ao que ele desejar. Não conversei com mais ninguém da banda desde que tive os problemas com a lei”, revelou ao New Zealand Herald. Phil lançou o álbum Head Job em 2014.

Comentários