JOHN LENNON: Assassino do Beatle tem pedido de liberdade negado!

lennon

A justiça de Nova York negou, pela nona vez, o pedido de liberdade para Mark David Chapman, assassino de John Lennon. Ele passará mais dois anos encarcerado até poder fazer uma nova tentativa. Os detalhes da decisão não foram fornecidos, porém, é sabido que Yoko Ono enviou nova carta à corte, dizendo temer por sua vida e a dos filhos de John em caso de Mark ser solto. No dia 9 de dezembro de 1980, Mark David Chapman desferiu cinco tiros contra Lennon em frente ao prédio onde o Beatle morava, no Central Park, em Nova York.

Comentários