CHRIS STONE: Morre o fundador dos estúdios Record Plant.

Resultado de imagem para Chris Stone 2016
Faleceu no último sábado (10/09), aos 81 anos, Chris Stone, fundador dos estúdios Record Plant. No ramo desde 1968, o empresário foi um dos inovadores do ramo das gravações. A sede de Los Angeles (as outras foram construídas em Nova York e Sausalito, Calfiórnia) foi a primeira na história a contar com uma mesa de 24 canais. Álbuns como Electric Ladyland (Jimi Hendrix), Hotel California (The Eagles) e Rumours (Fleetwood Mac) utilizaram as estruturas do Record Plant. A última jam de John Lennon e Paul McCartney também aconteceu em um dos prédios. Outros artistas que usaram os locais são Rolling Stones, Bruce Springsteen, Guns N’ Roses, Mötley Crüe, Prince, Chicago e Heart, apenas para citar alguns.

Chris, que vendeu sua parte na empresa em 1989, para George Martin (sim, o lendário produtor dos Beatles) e a Chrysalis Records, também ajudou a organizar shows e festivais. Entre eles, o lendário Concert For Bangladesh, de George Harrison. Sua última aparição pública aconteceu em janeiro deste ano, quando foi homenageado durante a NAMM, recebendo a indução ao TEC Awards Hall of Fame, destinado a celebrar a obra de pioneiros da tecnologia sonora. Stone deixa esposa, dois filhos e três netos, além de um legado inestimável para a história da indústria musical.

Comentários